Quer saber mais sobre criar um design funcional para hotéis? Descubra a importância do Design e a necessidade de entender cada dia mais o seu cliente.
Assista a entrevista, com Paulo Occhialini Mancio que é vice-presidente de Design e Construção da AccorHotels América do Sul.

Para quem preferir, abaixo a transcrição da entrevista:

Cristiano: Olá pessoal estou aqui com o Paulo Mancio.

Cristiano: Ele é vice-presidente design e construção da rede Accor na América do Sul. Paulo nós conversamos nos bastidores e eu não sou designer, por isso estou te entrevistando. Fazer design pra mim é se colocar no lugar do usuário para facilitar a vida dele. Não é só fazer uma coisa bonitinha e eu penso em design assim, seja fazer uma tela de um software que o usuário vai interagir; ou pensar nos móveis que estarão no lobby de um hotel.

Cristiano: Para você o que é fazer design? O que o hoteleiro deve pensar quando ele vai fazer design?

Paulo: Bom Cristiano antes de tudo, obrigado por me convidar para essa entrevista. Mas acho assim uma questão desse design, desse novo design que aparece no mundo que eu chamo de design funcional, é uma nova geração do design. Não é provavelmente o aspecto estético, não é propriamente outro fator estático, é um conjunto de fatores onde o núcleo da questão é o usuário. O núcleo da questão é para quem que a gente está oferecendo esse design, o que a gente está fazendo, então eu sempre digo que o grande designer, antes de designer é um grande psicólogo, porque ele vai entender das pessoas; vai entender o seu cliente e vai entender o seu usuário.

Paulo: Se ele vai fazer um móvel; se ele vai fazer um hotel; se ele vai fazer um apartamento; se ele vai fazer uma tela de um computador como você mencionou; se ele vai fazer no smartphone, enfim, ele tem que entender muito daquele usuário para que ele está fazendo. Como que ele agrega valor para o nosso cliente.

Paulo: Para fechar essa questão do design. Para mim o design é uma grande linguagem, é como você se comunica com seu cliente, com seu interlocutor. O que você quer passar com a história que quer contar; como é que você se comunica com ele; essa é a grande pegada do novo design.

Cristiano: Legal que o que você está dizendo serve também para pensar assim. Deixa trazer meu usuário para conversar  com ele, pra aí sim eu construir algo para ele. Ao invés de como empresas faziam tempos atrás, ”Eu acho que isso aqui é o melhor; a estética ta bonita; é o jeito que eu gosto, vou lá construo e aí apresento para o usuário”. Às vezes o usuário não gosta.

Paulo: Você tem toda a razão, é aquela antiga história do:  que eu sei tudo, eu dito uma moda e proponho uma solução. Não! vamos fazer juntos; vamos escrever juntos; vamos desenhar juntos; vamos testar juntos; vamos construir juntos. Por isso que hoje as grandes empresas, se aproximam dos clientes, se aproximam das comunidades. Elas são muito mais locais, mesmo empresas internacionais são muito mais locais, elas estão muito mais próximas de seus clientes.

Paulo: O design não é diferente, e acho que essa é a grande pegada da nova geração de design. Ela tem que estar muito atenta a isso! Ao cliente, ao seu cliente local. O cara de São Paulo é diferente do cara de Amsterdã, que é diferente de um cara de Singapura.

Cristiano: Que é diferente de um cara do Rio Grande do Sul. Um gaúcho e um paulista são diferentes.

Paulo: Claro!

Cristiano: Pra fecha essa nossa entrevista, conta um pouquinho dos prêmios de design que a rede Accor ganhou recentemente.

Paulo: Recentemente, uma história super bacana, super bonita. O Ibis, que é uma de nossas marcas, hoje é a marca da categoria econômica que mais cresce no mundo. Ela foi redesenhada e pela primeira vez foi redesenhada localmente, nós a redesenhamos no Brasil. Sob minha liderança, nós ganhamos o prêmio mais importante do design no mundo.

Paulo: Além desse prêmio nós ganhamos outros dois prêmios internacionais na Europa. Então o orgulho da gente em fazer um produto local, com inteligência local, para um público local, e ser reconhecido mundialmente.

Cristiano: Legal Paulo, mais uma vez muito grato pela atenção, eu desejo o maior sucesso do mundo pra você na sua carreira e para a rede Accor.

Cristiano: Espero em breve poder me hospedar em um desses hotéis que receberam os prêmios.

Paulo: Cristiano você já está convidado para ficar no novo modelo Ibis. Você é meu convidado de honra, muito obrigado.

Cristiano: Inclusive na minha cidade em Ponta Grossa no Paraná, estão construindo um Ibis.

Paulo: Sem dúvida, inclusive eu devo estar indo Para Ponta Grossa nas próximas semanas.

Cristiano: Então vamos marcar pra gente tomar um café lá na Amplifique.me

Paulo: Será um prazer. Também no Ibis!

Cristiano: Show muito grato, obrigado Paulo.